11 de jan de 2017

Maionese de salsinha



Maionese de salsinha 1

                Quando eu estava no segundo grau uma de minhas colegas fez um delicioso bolo salgado coberto com uma maionese verde maravilhosa.
                O cheiro verde estava na medida certa e a maionese bem leve.
                Como eu estava assoberbada, nem pensei em pedir a receita, mas jamais esqueci do sabor.
                Tentei fazer algumas vezes, sem sucesso. Acabei descobrindo que estava na hora de trocar de liquidificador. O meu já estava esquentando demais, desandando minhas maioneses.
                 Liquidificador novo, com um copo que deixa a hélice longe do motor, chegou a hora de testar uma receita.
                 Aproveitei uma receita de maionese de alho, trocando o alho por salsinha e aqui está o resultado.
                 Simplesmente imperdível.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


4 de jan de 2017

Torta Tatin



Torta Tatin 1

                Já fiz tarte Tatin outras vezes, mas esta, sem dúvida, é a melhor.
                Modéstia às favas!!!!!
                Assistindo alguns programas na tv aberta ou por assinatura, sempre é possível descobrir novos segredos e truques.
                Aliás, nunca deixo de ouvir quem quer que seja a respeito de qualquer receita, mesmo que eu já tenha as minhas favoritas.
                Sempre há um detalhe a aprender que pode fazer "A" diferença.
                A diferença aqui foram as maçãs cortadas em 4 e o açúcar mascavo com manteiga.
                Simples, não?
                Mas que diferença!!!!!!!!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


28 de dez de 2016

Antecoxa e coxa de peru à moda do Ermino



Coxa de peru à moda do Ermino 1

                Há alguns anos eu costumava comprar coxa e sobrecoxa de peru pelo menos 1 vez por mês. Uma marca famosa costumava oferecer o corte embalado unitariamente e só havia um supermercado que revendia o produto.
                Era o ideal para uma família pequena e para quem queria comer peru durante o ano.
                Creio que este supermercado ainda existe no Rio de Janeiro, mas já não sei se pertence aos mesmos donos e nem se ainda oferece este produto.
                Meu cunhado Ermino, há alguns natais, preparou uma ceia para poucas pessoas e resolveu porcionar o peru, já que haveria uma variedade grande de pratos e o desperdício está definitivamente fora de moda.
                Esta é a receita dele, ideal para famílias pequenas ou para quando temos muitos convidados, mas são poucos os que gostam da ave. Nem por isso vamos deixar de caprichar no preparo.


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


21 de dez de 2016

Torta de pêssego com treliça



Torta de pêssego com treliça 1

                Depois de 2 tortas de pêssegos sem creme, senti uma certa saudade das tortas com creme.
                E já que... é sempre culpa do Jaque!!!!!
                E tinha massa podre congelada.
                Ai, não teve jeito!!!!!
                Para piorar a situação resolvi deixar a massa podre mais podre ainda: acrescentei mais manteiga e dei uma semi folhada na massa.
                Como diria aquele culinarista: "Perdição!!!!!!!!"



Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


14 de dez de 2016

Ponche do Auli Junior



Ponche do Auli Junior 1

                Esta é uma das receitas preparadas tradicionalmente nos finais de ano, em nossa casa.
                Meu irmão Auli Junior é quem sempre prepara.
                Na verdade faz algum tempo que nossas festas têm sido bem diferentes do normal.
                Mudanças de cidade e até de país, outros já não estão entre nós, muitos lutaram contra doenças graves, inclusive nesta época. Enfim, a vida se desenrolando.
                Mais algo este ano me inspirou a reviver algumas tradições.
                Meu irmão transformava até a preparação deste ponche em espetáculo, fazendo com que a tampinha do guaraná estourasse como a rolha de espumante!!!!
                Hoje a tampinha é de rosca, o que não permite tal brincadeira.
                Refresque o fim de ano com este suave ponche.



Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros


8 de dez de 2016

Peito de peru defumado com molho de manga



Peito de peru defumado com molho de manga 1

                As ceias de fim de ano costumam ter uma grande variedade de pratos, desde os aperitivos até os pratos principais.
               Mesmo quando são poucos os convidados é difícil não exagerar na variedades de pratos, afinal a perspectiva é de varar a noite com um bom papo, boa música, boa companhia.
               Mas se é difícil controlar a variedade, podemos controlar a quantidade.
               Tá, você pode argumentar que no almoço "enterro dos ossos" as sobras serão requentadas com alegria.
               Bom, de qualquer forma, aqui está uma bela sugestão para quem quer diminuir as sobras das ceias ou para quem realmente vai passar em petit comité.
               Tempos atrás eu fiz um camarão na moranga com manga (receita aqui) e a receita agradou muito. Meu irmão, Auli Junior, prepara um peito de peru com creme de mandioquinha que nos faz suspirar. Então minha intenção era preparar um molho de mandioquinha com manga, por causa do sabor e da cor, amarela, que eu acho muito festiva.
               O problema é que a safra de mandioquinha é de março a julho e fora dos grandes centros não se encontra com facilidade e o sabor não é tão bom.
               Então optei por encorpar meu molho de manga com um pouquinho de purê de batata doce.
               Ficou tão especial, quanto com a madioquinha.
               Ficam as dicas!


Print Friendly and PDF





Doe amor, doe VIDA! Doe medula óssea!
Clique na imagem abaixo e descubra onde:

Hemocentros